terça-feira, 18 de setembro de 2007

Bolo de Chocolate

Bolo de chocolate, que bom que é. Confesso que perco todo o discernimento quando envolvo com a minha cavidade bocal um pedaço de bolo de chocolate. Fico estúpido, perco o controlo sobre as minhas acções, é como se contraísse trissomia 21 por alguns segundos. Fico simplesmente inerte a saborear a mistura divina de açúcar, farinha, fermento, manteiga e chocolate. Se eu der uma trinca num bolo de chocolate numa passagem de nível e um comboio se aproximar eu não me mexo. Nem reparo sequer. Fico quietinho sem fazer nenhum, absolutamente inútil, transformo-me num presidente da república.


Isto para dizer que gosto de bolo de chocolate. Gosto tanto de bolo de chocolate como o macaco gosta de bananas e como o José Cid gosta de escrever músicas estúpidas. Contudo, e apesar de para mim mastigar bolo de chocolate ser tão maravilhoso como para o Marques Mendes encontrar roupa que lhe sirva na secção de adultos, o facto é que não sei fazer bolo de chocolate. E isso é terrível. Eu deveria ser auto-suficiente no que a bolos de chocolate diz respeito. As receitas de bolo de chocolate deviam fazer parte do plano curricular do ensino primário. Português, Matemática, Estudo do Meio, Bolos de Chocolate. Os miúdos deviam ir para a escola todos os dias com uma régua, uma tabuada do ratinho e um livro de receitas do Carlos Capote.


Mas nem só histórias felizes se contam em torno de bolo de chocolate. O bolo de chocolate foi uma arma terrível utilizada pela PIDE durante o Estado Novo. Quantos e quantos comunistas aprisionados foram aliciados a contar tudo sobre as conspirações, esconderijos e datas de lançamento dos álbuns do José Mário Branco com falsas promessas de bolo de chocolate. Não há nada mais cruel que prometer bolo de chocolate e não cumprir. Fazer acumular saliva desesperada na boca. Corromper o estado emocional do indivíduo que aguarda em estado de transe pela prometida fatia de salvação e depois sem qualquer respeito pela dignidade humana, deixá-lo a arfar eternamente como um mendigo a quem lhe foi prometido uma garrafa de vinho.


Foram muitos aqueles que depois de horas de tortura sucumbiram ao bolo de chocolate. Até mesmo Álvaro Cunhal. Aguentou bravamente todas as torturas, arrancaram-lhe as unhas dos pés, electrocutaram-lhe os genitais, implantaram-lhe sobrancelhas de guaxinim, mostraram-lhe nus do Humberto Coelho. Mas Álvaro não sucumbia, até que… um bolo de chocolate entrou pelas mãos de um oficial da polícia política. Com uma cobertura extra coberta com pepitas coloridas pois claro, que Cunhal não cederia por um bolo normal, mas nem Álvaro aguenta uma cobertura extra coberta com pepitas coloridas, não seria humano se aguentasse. E contou tudo, que esteve à experiência no Sporting antes de ser contratado pelo PCP.


E o que serve na guerra serve no amor. Eu pessoalmente utilizo o bolo de chocolate na eterna arte da sedução. Se eu quiser mandar uma trancada numa miúda apresento-lhe uma fatia de bolinho do bom, ela entra no tal estado vegetativo e eu fico com alguns minutos para me servir à vontade. O meu cálice sagrado são três gémeas loiras instrutoras de fitness, não consigo convence-las a comer o bolo. Merda para as diabéticas.


Ora então um grande bem haja

22 comentários:

Martuxa disse...

Bolo de Chocolate

Igredientes para o bolo:
250 g de açúcar
100 g de chocolate em pó
250 g de farinha
2 dl de leite gordo
125 g de margarina
3 ovos
1 colher (sopa) de fermento
Margarina para untar a forma e farinha para polvilhar.

Ingredientes para a cobertura:
150 g de chocolate em tablete
1/2 chávena de açúcar
1/4 chávena de leite/natas
1/4 chávena de margarina

Preparação:
Comece por acender o forno. Unte depois com manteiga uma forma e polvilhe-a com farinha de trigo.
Dentro de uma tigela funda bata as gemas com o açúcar. Junte a manteiga levemente amolecida e o chocolate e continue a bater.
Aos poucos acrescente, alternadamente, o leite e a farinha misturada com o fermento.
Por fim, adicione suavemente as claras previamente batidas em castelo.
Deite o preparado dentro da forma e leve ao forno durante 40 minutos.
Deixe arrefecer o bolo e desenforme depois.

Para a cobertura, misturar todos os ingredientes em banho «maria» até estarem derretidos. Cobrir o bolo quando o creme estiver morno.

João Paulo Cardoso disse...

Texto saboroso, sem dúvida.

Se às vezes acho estranho não estar a ser pago para escrever, como te considero umas 47 vezes e meia melhor do que eu, mais estranho acharia se tu não estivesses mergulhado de cabeça nesse meio da escrita humorística...

Isso leva-me à questão que me tem feito cócegas nos lobos cerebrais e nos outros lobos desprovidos de cérebro, mas razoavelmente medíocres no rugby.

E a pergunta é:
Quem raio és tu?

Pedia que fossem deixadas algumas pistas ao acaso.
Pode ser migalhas de bolo de chocolate, que eu não sou esquisito.

Mad disse...

Bom, bom, BOM. Tens razão, JP, isto não é normal (apesar de não achar nada que ele é 47,5 vezes melhor que tu - não sejas modesto que não te fica bem à cintura).

Como ao bolo de chocolate (nisso somos iguais), fiquei fã.

Fragil disse...

Eheh...
Gostei da volta do bolo de chocolate, mto bem trabalhado.
Eu tb adoro bolo de chocolate, deixei de comer nao que seja diabetico ou qq coisa do genero, é que a docura do bolo de chocolate trazia-me contas de dentista "amargas" IoI e nem Alvaro Cunhal nem José Cide nem José Mario Branco mas pagavam IoI.


Grande bem haja

Fragil disse...

Cid*

Topo de Gama disse...

Belo exemplar de um texto de bom gosto, bom humor e uma clareza impressionante!! É a primeira vez que cá venho e dou-te os parabens!! Começa a haver pouca gente a escrever assim, sem grandes rodeios e acima de tudo com opinioes argumentadas!!!

Bolo de chocolate é msm assim!! Mágico!!

Grande abraço!!

XupaNuPipi disse...

ès mesmo impagável, lololol...quando me quero animar venho aqui ler o que escreves, e na verdade se nao tens quem te pague para escreverv eu posso por uma cunhazita ou mandar um abaixo assinado .-)) Um grande bem haja para ti

xana disse...

nao nao meus amigos...
tenho uma receita infalivel...
claro k s pode fazer um bolo PERFEITO...mas...e se te dá um desejo galopante de comer bolo de chocolate?!será que vais demorar 1h30 até comeres uma fatia, e ainda por cima kente?!

tenho uma receita que demora 5 minutos.
isso mesmo, meu povo...5 minutos..
e é cozinho...no MICROONDAS! :)

é o ideal para fazer quando se tem visitas relampago em casa...ou se te dá uma gula subita! :)
por isso mesmo, chamei-lhe..."bolo salvador" (dá para perceber porque ne?)...

quem estiver interessado faxavor mandar-me um mail para: xanampinto@gmail.com
claro k nao o vou divulgar aki, pois afinal de contas é uma receita de respeito que nao pode ser assim divulgada a torto e a direito!!

aceitas o desafio, insolente?!
nao te arrependes!!
vá..diz kk coisa! beijinhos

Tiago disse...

Lol! Fenomenal, mesmo! Um post brilante com muito humor e muita sátira. Por coincidência fiz um bolo de chocolate ainda na terça feira! E estava, segundo os críticos (papás e irmão), divinal!

Fica bem ;)

Pipokka disse...

Hello e obrigada pela visita, vou começar a espreitar o teu canto também! :)

Carlota disse...

O chocolate é um alimento muito nutritivo. Contém proteínas, gorduras, cálcio, magnésio, ferro, zinco, caroteno, vitaminas E, B1, B2, B3, B6, B12 e C. Estudos recentes sugerem a possibilidade de o consumo moderado de chocolate preto e amargo trazer benefícios para a saúde humana, nomeadamente devido à presença de ácido gálico e epicatecina, flavonóides com função cardioprotectora. Sabe-se que o cacau tem propriedades antioxidantes. O chocolate constitui ainda um estimulante devido à teobromina, embora de fraca capacidade. O chocolate também possui endorfina



É por isto tudo e por muito mais!!!

zé (do beco) disse...

Insolente, até eu estou a babar-me só de pensar nesse bolo de chocolate (é mentira. Eu nem gosto dessa merda. Faz-me lembrar uma cagada depois de uma feijoada à transmontana eheheh).
Pena mesmo é as três gémeas diabéticas não caírem na esparrela do bolo. Mas há sempre uma hipótese que é capaz de resultar: experimenta com a Cimara (eheheh).
Um grande bem-haja também para quem escreve humor de um modo tão "despudorado".
Bom fim-de-semana.

anrasaxa disse...

mais uma pérola :)

e viva ao bolo de chocolate!!!

blackstar disse...

Eu ia enviar-te uma receita, mas já cheguei tarde! No entanto, notei que ficou aqui um assunto pendente: as gémeas! Até porque um ménage a quatre parece-me muito melhor que a trois (isso já está ultrapassado)! Por isso, http://www.gastronomias.com/diabetes/diab30.htm que tenhas bom proveito! Quem é amiga, quem é?

Capitão Merda disse...

Segui-te o rasto e aqui estou...
Seguramente voltarei!
Cumprimentos

Professorinha disse...

Estás com azar... chocolate para estes lados nem pensar... o único chocolate que me faz pensar duas vezes é o branco...

Sou muita fina....

;)

Fica bem

alexia disse...

Dificil acrescentar algo a tanta...mistura! Têm ingredientes QB e qualquer pitadinha extra de fermento faria nesta altura aumentar esta "receita" duma forma exagerada:)
Fica bem:)

RB disse...

O bolo de chocolate costuma dar-me azia, mas este teu artigo fez-me dores de barriga... de tanto rir...
"Ora então um bem haja" pela boa disposição...
Bom fim-de-semana
RB

Anónimo disse...

sem duvida o post mais femenino, vulgo "gay" desd k venho aki ver as vistas.. so faltou dizer k o chocolate te akalma na semana do periudo.. ó diogo bataguas..frankamente lol akele grande abraço.. zé tomás

MalucaResponsavel disse...

Não gosto de bolo de chocolate. corrijo, como mas nao aprecio. bj

Rafeiro Perfumado disse...

Deixa o bolo de chocolate endurecer e depois dá com ele na mona das diabéticas. Ficas com umas horas para te divertir...

ciloca disse...

Vim agradecer a visita e cuscar as novidades, como não sou amante de futebol, deixei-me escorregar para o bolo de chocolate. Pensei deixar-te uma receita mas já lá tens uma. mãos á obra.